sábado, 21 de junho de 2008

O CONTEXTO HISTÓRICO DA TEORIA DE THOMAS MALTHUS



A Revolução Industrial, nos séculos XVIII e XIX, teve forte repercussão na organização do espaço social de alguns países. Ocorreram muitas mudanças, como a migração do campo para a cidade, novos hábitos foram adquiridos e também com as relações trabalho.

Após a Revolução Industrial, a população urbana começa a conviver com melhores condições de vida e melhores serviços de saúde. A evolução na medicina contribuiu para a melhoria dos serviços de saúde, diminuindo assim a mortalidade da população em geral.

Com a qualidade de vida e condições melhores, houve o aumento do número de habitantes, principalmente nas áreas que se industrializaram primeiro. Por volta de 1750, ocorreu o processo de crescimento populacional nos países europeus que acompanharam a primeira fase da Revolução Industrial.

Foi durante esse período que se iniciaram as preocupações com o aumento no número de habitantes, e assim começaram a surgir às teorias populacionais.

A teoria de Thomas Malthus surge então neste contexto. A teoria de Malthus, dizia que a população tinha um potencial de crescimento ilimitado enquanto a natureza tem recursos limitados para alimentar a população que crescia. A partir disso, acreditava-se que a população iria conviver com a fome, doenças e epidemias, e, conseqüentemente com a desestruturação da vida social.

Nessa teoria, Malthus defendia o controle moral, com normas de conduta, que incluíam a abstinência sexual e o adiamento do casamento, que eram permitidos com a comprovação de renda para sustentar o filho. Essas normas atingiram a população pobre, que para Malthus eram os responsáveis pela pobreza, pois se casavam cedo e tinham muitos filhos.

7 comentários:

fernanda disse...

A preocupação de Malthus tinha fundamento, realmente a população estava crescendo demais e a natureza não consiguiria suprir suas as necessidades alimentares.
As previsões de Malthus só não se cumpriram devido a revolução verde que acabou amentando consideravelmente a produção de alimento.

Elisângela disse...

A teoria de Malthus tetrata o que hoje presenciamos, a natureza não é inesgotável, e a população além de crescer tanto, hoje convivemos com ídéia do consumismo onde adquirimos coisas que não são necessárias mas que já não sabemos viver sem. E com certeza o homem irá destruir sua própria casa esgotando tudo de maravilhoso que deu para nós, por isso cabe a todos mudar essa situação.

janaina disse...

Malthus se preocupava muito com o crescimento populacional, que cada vez crescia mais onde ele acreditava que com esse crescimento desordenado a população iria sobrer com a falta de alimentos como dizia o texto. onde esta certo de se preocupar com esse fato isso esta ocorrento ate hoje, com esse grande aumento a naturesa não vai conseguir atenter a essas necessidades poriso a preocupação de malthus,que com essa grande aumento da população e essa falta de alimentos iria gerar muitas consequencias como a fome.

Os Tigres Asiáticos disse...

A teoria de malthus,estava certo pois os recursos naturais não acompanham o crescimento da população e esta também nada faz para que estes recursos continuem a existir, pelo contrário cada vez mais estão destruindo a natureza esquecendo do dia de amanhã.

Aurea Ricardo Garcia

Alice disse...

De acordo com Malthus o crescimento da população sem orientação estava aumentando a cada dia e é isso que convivemos nos dias atuais o aumento da população e a natureza com seus recursos sendo esgotados para atender a demanda.

mah disse...

a teoria malthusiana com certeza abrange o contexto atual dos problemas socioeconomicos nacionais e internacionais, o problema foi a solução que ele propôs, limitar o nivel populacional de maneiras nada convencionais não podia ser aceita, sobretudo para o periodo histórico no qual ele estava inserido. Mesmo na atualidade, suas propostas nãos eriam aceitaveis.

http://okentao.blogspot.com/

Sinho disse...

De acordo com Malthus o crescimento da população sem orientação estava aumentando a cada dia e é isso que convivemos nos dias atuais o aumento da população e a natureza com seus recursos sendo esgotados para atender a demanda.
limitar o nivel populacional de maneiras nada convencionais não podia ser aceita, sobretudo para o periodo histórico no qual ele estava inserido. Mesmo na atualidade, suas propostas nãos seriam aceitaveis.